Vice-governador participa da Agenda de Convergência para o Desenvolvimento do Vale do Aço, em Ipatinga

Paulo Brant assistiu a apresentações de grupos que acompanham ações para incremento da região

O vice-governador Paulo Brant esteve, na noite de segunda-feira (1/4), em Ipatinga, para participar da reunião da Agenda de Convergência para o Desenvolvimento do Vale do Aço. Acompanhado pelo chefe do Gabinete Militar, coronel Evandro Borges, o vice-governador foi recebido pelo presidente da Regional Vale do Aço da Fiemg, Flaviano Gaggiato, e pelo vice-presidente da Fiemg, Luciano Araújo.

Iniciativa que já acontece há oito anos, capitaneada pela Fiemg Vale do Aço, a Agenda de Convergência reúne representantes de mais de 54 entidades, além de representantes do poder público, para pensar, acompanhar e atuar no desenvolvimento local. Estruturada em seis eixos – infraestrutura, segurança, saúde, educação, competitividade e sustentabilidade -, a agenda possui um coordenador para cada área, que acompanha o andamento dos projetos e ações selecionados pelo grupo.

Durante o encontro, o vice-governador anunciou que, até meados deste mês, após a conclusão das obras emergenciais para recuperação da pista, o Aeroporto de Ipatinga estará operando novamente.

Brant foi saudado pelo presidente da Regional Vale do Aço da Fiemg, Flaviano Gaggiato, que expressou sua preocupação com a situação pela que passa o setor de mineração atualmente. Gaggiato defendeu que os erros sejam punidos e alertou para o comprometimento do PIB mineiro, com a queda na produção do setor. Na sequência, o vice-governador assistiu ao relato dos coordenadores dos seis eixos que compõem a agenda.

Entre os vários representantes dos diversos setores do poder público e sociedade civil, participaram da reunião o coronel Sérvio Salazar, comandante da 12ª Região da Polícia Militar; o tenente-coronel Nunes, comandante do 11º Batalhão do Corpo de Bombeiros Militar; e o delegado regional da Polícia Civil, Thiago Henriques. Também estiveram presentes a prefeita de Santana do Riacho, Luzia Melo; o prefeito de Timóteo, Douglas Willkys; e o vice-prefeito de Ipatinga, Célio Aleixo, além do deputado federal Eneias Reis, da deputada federal Alê Silva, e do deputado estadual Celinho do Sinttrocel.

Ao final da reunião, Paulo Brant disse acreditar que o Governo do Estado deve ocupar uma nova posição na condução de Minas. “O Estado pode ajudar, e muito, mas ele não deve ser o protagonista”, referindo-se a uma maior participação da iniciativa privada na vida mineira. O vice-governador disse também que a união de esforços entre entidades privadas e agentes públicos, caso da Agenda de Convergência do Vale do Aço, é um exemplo da boa política. Brant disse, ainda, que, diante da crise que enfrenta, o Governo deve se reinventar: “Precisamos do Estado 4.0″, afirmou, fazendo menção a um novo tipo de gestão estadual.

Site Agencia Minas -Divulgação da Noticia – Foto Paloma Martins/Vice-governadoria