Vereadora Margareth Shepard diz que resultado das eleições determinará futuro da imigração nos EUA

No dia 03 de novembro, próxima terça-feira, serão realizadas as eleições para eleger o novo presidente dos Estados Unidos. Durante os meses de campanha, um dos assuntos mais debatidos entre os presidenciáveis, Donald Trump e Joe Biden, foi a imigração. Enquanto o republicano prometia regras mais duras para conter a entrada de indocumentados no país, o democrata afirmou que trabalhará por uma reforma imigratória ainda nos primeiros 100 dias de governo.

Apesar de ser um tema discutido todo ano eleitoral, este parece ser mais crucial, pois a diferença de pensamentos é extrema. De acordo com a vereadora de Framingham (Massachusetts), Margareth Shepard, “o resultado destas eleições presidências vai selar o modelo de sistema imigratório do país”. Ela explicou que isso se deve pelas posições do presidente ou pelas decisões da Suprema Corte.

Shepard destacou que até agora, a Suprema corte tem garantido a permanência dos jovens imigrantes protegidos pelo Deferred Action for Childhood Arrivals (DACA), programa criado pelo ex-presidente Barack Obama, e o Temporary protected status (TPS).

Amos os programas ainda protegem um grande número de imigrantes indocumentados.

Shepard destacou que tudo isso pode mudar caso Donald Trump seja reeleito, “pois desta forma ele terá mais força política para lutar contra a imigração ilegal”. Além disso, ele terá maioria dos membros da Suprema Corte.

Diante disso, a vereadora orientou aos brasileiros que está apta a votar para fazer o que é certo, “pensando sempre no futuro de toda a comunidade imigrante”.

“A sua decisão e o seu voto vão selar o futuro dos imigrantes neste país”, concluiu.

Divulgaçao da Noticia – Site BrazilianTimes.com – Fonte Redação Brazilian Times -Foto Reproduçao Imagem Internet