Vale reduz nível de emergência da Barragem Vargem Grande, MG

Após realizar melhorias estruturais na Barragem Vargem Grande, na Mina de Abóboras, em Nova Lima (MG), a mineradora Vale rebaixou o nível de alerta para emergência no local de 2 para 1, na escala dentro do Plano de Ação de Emergência de Barragens de Mineração (PAEBM).

Segundo a empresa, a mudança foi registrada ontem (4) pela Vale no Sistema Integrado de Gestão de Segurança de Barragens de Mineração (SIGBM), da Agência Nacional de Mineração (ANM). A informação foi divulgada hoje (5).

De acordo com a Vale, foram feitos desde janeiro o rebaixamento do nível de água do reservatório; a limpeza dos canais de drenagem; estudos de sensibilidade, pela empresa auditora, para avaliação do impacto do rebaixamento do nível d’água na estabilidade da barragem; e avaliação técnica das deformações apresentadas no sistema de monitoramento por inclinômetros.

“A expectativa é de que, com a continuidade dessas ações, a estrutura seja totalmente retirada da condição de alerta”, informou a Vale. Com isso, o trecho da BR-356 entre os quilômetros 37 e 40, que poderia ser atingido em caso de rompimento da barragem, não necessita mais da operação assistida.

A empresa informou que a declaração do nível 2 de alerta foi tomada de forma preventiva, no dia 20 de fevereiro, “devido à falta de parâmetros para avaliação de deformações apontadas no sistema de monitoramento por inclinômetros”.

A Zona de Autossalvamento (ZAS) da barragem também foi evacuada, com a retirada de 51 pessoas do condomínio Solar da Lagoa e das vilas A e Codornas da empresa AngloGold Ashanti. A Defesa Civil foi informada sobre a mudança no alerta e, segundo a Vale, será feita uma reunião com os moradores para avaliar o retorno para as casas.

Novo diretor

A mineradora informou também hoje (5) que o diretor-presidente, Eduardo Bartolomeo, indicou Carlos Medeiros para a recém-criada Diretoria Executiva de Segurança e Excelência Operacional. Ele já foi nomeado pelo Conselho de Administração da companhia.

Medeiros é executivo sênior com carreira internacional. Graduado em Engenharia Aeronáutica e Mecânica pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), e pós-graduado em Marketing pela Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM), ele atuou na Ball Corporation, que fabrica latas de alumínio, como presidente para América do Norte e Central, gerindo 22 plantas nos Estados Unidos, Canadá e América Central.

Também foi presidente da Rexam na América Latina e trabalhou por 25 anos na Pilkington / Nippon Sheet Glass, na América do Sul e Ásia.

“A escolha reforça o comprometimento da Vale pela busca de padrões operacionais em linha com as melhores referências no mundo. A sua comprovada capacidade de liderar grandes projetos de transformação, aliada à disciplina e forte orientação para processos, trarão uma importante contribuição para a segurança e a eficiência das nossas operações”, disse a nota da Vale.

A empresa destaca que a criação da nova diretoria “está alinhada com os novos pilares estratégicos da Vale de segurança e excelência operacional e do novo pacto com a sociedade”, além do “compromisso de tornar a Vale a mais segura e confiável empresa de mineração no mundo”.

Divulgação da Noticia – Site Agencia Minas – Edição: Fernando Fraga – Akemi Nitahara – Repórter da Agência Brasil  Rio de Janeiro – Foto