Valadares – Vacinação contra Influenza e Sarampo começa na próxima semana

As doses vão ser disponibilizadas em todas as salas de vacinas nas zonas urbana e rural

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza deste ano começa na próxima segunda-feira (23) e se estende até o dia 22 maio. O dia de mobilização nacional, o Dia D, será em 9 de maio. O adiantamento de um mês da campanha pelo Ministério da Saúde se dá em virtude do cenário nacional de prevenção e combate a infecção provocada pelo Coronavírus (COVID-19). Os dois vírus causam sintomas parecidos, mas a vacina não previne contra o Coronavírus, mas protege a população contra o Influenza e assim pode minimizar os impactos nos serviços de saúde.

A vacinação acontece em três fases para cada público alvo. São elas:

1ª fase – Início em 23 de março – Idosos acima de 60 anos e trabalhadores da saúde;

2ª fase – Início em 16 de abril – Professores das escolas públicas e privadas, profissionais das forças de segurança e salvamento, pessoas com doenças crônicas não-transmissíveis e outras condições clínicas especiais;

3ª fase – Início em 9 de maio – Crianças de 6 meses a menores de 6 anos, gestantes, puérperas, indígenas, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e adultos de 55 a 59 anos.

O objetivo desta campanha é reduzir as complicações, as internações e a mortalidade decorrentes das infecções pelo vírus da influenza, na população alvo para a vacinação. Por isso a meta da Secretaria Municipal de Saúde, por meio do Setor de Imunização, é que pelo menos 90% das pessoas dos grupos sejam imunizadas.

Campanha de Vacinação contra o Sarampo

A vacinação contra o Sarampo será considerada a quarta fase de um mutirão de vacinação na cidade. O público-alvo são adultos de 20 a 49 anos e será realizada de 23 de março a 30 de junho. A ação tem como objetivo interromper a circulação do vírus do sarampo e aumentar o bloqueio vacinal no país.

A Secretaria salienta que manter o cartão de vacinas atualizado é muito importante para manter a população livre de doenças e assim não sobrecarregar a rede municipal de saúde com usuários com complicações causadas por estes vírus.

Divulgação da Noticia – Fonte Secretaria de Comunicação e Mobilização Social Gv – Foto Reproduçao Imagem Internet