Valadares cidade interior com mais leitos UTI para Covid-19

O município conta atualmente com 48 leitos de UTI SUS exclusivos para o enfrentamento do Coronavírus

Uma das principais ações de enfrentamento à pandemia do Novo Coronavírus (Covid-19) está nas estratégias de acolhimento e tratamento dos pacientes que contraem a doença, especialmente aqueles que precisam de leitos hospitalares e UTI. E a Prefeitura de Governador Valadares, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), conseguiu, em um curto espaço de tempo, estruturar a rede pública e principalmente o Hospital Municipal (HM), o único 100% SUS da região e para onde convergem outras 50 cidades.

Tendo como único foco a necessidade de preservar vidas, o Hospital, já no início da pandemia contava com 18 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) exclusivos para atender aos pacientes com sintomas mais graves da doença. Empenhados em neutralizar o avanço da doença na cidade mais 12 leitos foram montados e habilitados, totalizando 30 leitos SUS exclusivos no Hospital.

Os profissionais da rede de atenção à saúde, desde a atenção básica, foram capacitados e treinados para agir de forma cada vez mais rápida e eficaz no que diz respeito a casos suspeitos e também receberam equipamentos de proteção individual. Além disso, a Gerência de Epidemiologia, por meio do Departamento de Vigilância em Saúde (DVS), disponibilizou números de telefones 24 horas para contato direto com profissionais da saúde para orientações e dúvidas, e tem realizado um monitoramento constante dos casos suspeitos e confirmados da doença.

E os esforços para ampliar os serviços seguem firmes, contando inclusive com o trabalho integrado junto a outras secretarias e instituições parceiras: 18 novos leitos foram habilitados no Hospital Bom Samaritano para dar suporte aos trabalhos do município. Totalizando 48 leitos SUS. E o Governo do Estado sinalizou o envio de 20 novos respiradores para a cidade.

Mas o desafio de combater o novo Coronavírus não é apenas dos profissionais de saúde e dos gestores públicos. Os desdobramentos da doença requerem empenho e dedicação de toda população, que a cada dia precisa reforçar seus protocolos sanitários, usar as máscaras de proteção individual, sair de casa apenas quando necessário, manter o distanciamento recomendado e evitar qualquer tipo de aglomeração. Somente com o esforço e comprometimento de todos é possível estabelecer o necessário para manter as atividades produtivas e preservar vidas, de forma a reduzir ao mínimo possível os impactos desta pandemia.

Divulgaçao da Noticia – Fonte Secretaria de Comunicação e Mobilização Social Gv – Foto Reproduçao Imagem Internet – Antonio Cândido