United Moto Club se une para ajudar brasileirinha com Leucemia em Massachusetts

O United Moto Club, além de ser um grupo que reúne brasileiros apaixonado por motos, tem feito uma grande diferença na comunidade. Isso devido aos trabalhos sociais que ele realiza. O fundador e presidente, Gaudistoni Basilio, conversou com a redação do jornal Brazilian Times e destacou a próxima ação dos motoqueiros.

De acordo com ele, no dia 27, o grupo vai se encontrar, às 08:00 am, no ponto principal da United Moto Club, no 692 Cochituate Road, em Framingham (Massachusetts). De lá, todos seguirão para o Fort Independece Park, localizado no 2010 William J Day Blvd, em Boston (MA).

De acordo com ele, a ideia é reunir o maior número de membros possível e assim que a bandeira do Brasil foi exibida no forte, haverá um momento para arrecadação para a nova campanha. “Todos vão contribuir, da mesma forma como fizemos em outras campanhas”, fala ressaltando que o dinheiro será entregue logo após para Jussara Freitas, mãe da brasileirinha Sophia, 6 anos, que foi diagnosticada com Leucemia. “A história dela nos sensibilizou muito e queremos ajudar”, continuou.

O sorriso de Sophia dá forças à família para não se desesperar

DEPOIMENTO DA MÃE:

“Me Chamo Jussara Freitas. Estou aqui nos Estados Unidos há um ano e vim para cá com meus dois filhos e esposo, igual a maioria das pessoas, em busca de melhores oportunidades para mim e meus filhos. No início, já enfrentamos a dificuldade normal, adaptação, procura por empregos, porém focados em começar a pagar a dívida que fizemos para chegar até aqui, antes mesmo que a vida entrasse no eixo comecei a notar, em minha filha, manchas pelo corpo, dor de cabeça, fraqueza e enfim sangramento da gengiva. Jamais imaginaria ser algo sério e a levei ao médico, imaginando que seria no máximo uma anemia. Mas para nossa tristeza, depois de exames foi diagnosticado Leucemia. Nosso mundo caiu e o desespero tomou conta, até me deparar com uma filha que eu nem imaginava ter: forte, guerreira, sorridente mesmo na dor. Após o duro golpe, veio o plano de tratamento que será longo, em três fases. Nessas horas temos que tirar o desespero de lado e pensar com a razão. Nem sempre é possível, as vezes o medo traz o desespero. Apenas meu esposo está trabalhando. Sou manicure e dou ‘help’ na limpeza quando consigo conciliar o tempo, pois preciso cuidar do tratamento dela e dos cuidados que ela precisa em casa. Tenho outro filho, lindo, que está sofrendo demais com a situação. Quando enxerguei aquela onda levando tudo de mim, pensei “preciso pedir ajuda aos poucos amigos” e os amigos falaram com seus amigos que chegaram até o grupo da United Moto Club. Ficamos transbordando felicidade em saber que não estamos sozinhos, que mesmo sem família, ainda assim Deus não nos desampara. O tratamento está apenas no início, porém Sophia está respondendo muito bem graças a Deus. Menina forte, feliz por natureza, decidiu cortar os próprios cabelos com a convicção de que quando caíssem, nasceriam novamente. Nunca, nem em sonho, imaginei estar contando essa história da minha vida, difícil e sofrida, mas Deus vai dando o alívio diário e vamos vencendo. Obrigado a todos pelo carinho, mesmo aqueles que não me conhecem”.

Ela cortou o próprio cabelo, sabendo que terá que cortar no futuro

 

Divulgaçao da Noticia – Site BrazilianTimes.com – Fonte Redação Brazilian times – Foto Reproduçao Imagem  Internet