Senado dos EUA aprova nomeação de Amy Barrett para Suprema Corte

In this May 19, 2018, photo, Amy Coney Barrett, United States Court of Appeals for the Seventh Circuit judge, speaks during the University of Notre Dame's Law School commencement ceremony at the University of Notre Dame in South Bend, Ind. Barrett is on President Donald Trump's list of potential Supreme Court Justice candidates to fill the spot vacated by retiring Justice Anthony Kennedy. (Robert Franklin/South Bend Tribune via AP)

A juíza foi indicada pelo presidente Donald Trump

O Senado dos Estados Unidos aprovou nesta segunda-feira (26) a nomeação da juíza Amy Coney Barrett, indicada pelo presidente Donald Trump, para ocupar uma cadeira na Suprema Corte do país.

Apesar de os democratas terem feito oposição feroz à nomeação da jurista conservadora, os companheiros republicanos de Trump têm uma vantagem de 53 a 47 no Senado e alcançaram votos suficientes para confirmar a nomeação.

A nomeação foi aprovada por 52 a 48.

A Casa Branca planeja realizar um evento de comemoração após a aprovação, um mês depois que um evento semelhante foi relacionado a um surto de covid-19 em que o próprio Trump foi infectado.

Trump pressionou o Senado a confirmar Barrett antes da eleição de 3 de novembro e a aprovação vai criar uma maioria conservadora de 6 a3 no principal órgão judicial dos EUA.

Barrett, uma juiz federal de apelações, é a terceira escolha de Trump para o tribunal desde que assumiu o cargo em 2017.

Divulgaçao da Noticia – Site agenciaBrasil.EBC.com.br – Steve Holland e Lawrence Hurley – Repórter da Reuters – Washington – Foto Reproduçao Imagem Internet –  Robert Franklin/South Bend Tribune via AP