Selo SEMA vai beneficiar a produção e os Agricultores de Valadares

ara fazer parte desta rede, o agricultor deve comparecer na Secretaria de Meio Ambiente, Agricultura e Abastecimento, e fazer o cadastro

Buscando ampliar a gama de produtores, a oferta e a comercialização de produtos da agricultura municipal, a Secretaria de Meio Ambiente, Agricultura e Abastecimento (SEMA) criou o Selo SEMA; um certificado que atesta a qualidade dos produtos produzidos por agricultores Valadarenses. O projeto vai beneficiar o agricultor rural familiar e os agricultores inseridos no Programa Nacional de Agricultura Escolar (PNAE), podendo atingir até 4.500 famílias. O cadastro para agricultores começa na próxima segunda (11), na SEMA, 5º andar no prédio da Prefeitura, e será por tempo indeterminado.

Antes de receber o selo, será realizado um levantamento técnico pelos agrônomos de campo da SEMA para averiguar o interesse do agricultor em produzir e se a propriedade está dentro da zona rural de Valadares. O projeto visa aproximar a administração pública, a iniciativa privada e o produtor, além de promover o desenvolvimento rural sustentável.

Segundo o secretário da SEMA, Marcelo de Aquino Brito Lima, o agricultor tem conhecimento para produzir, mas não sabe como comercializar o produto. “Valadares tem uma produção de horticultura e fruticultura pequena, sendo mais conhecida por sua agropecuária leiteira e de corte. Criamos o Selo para valorizar o agricultor valadarense e vincular seus produtos à rede de hotéis e restaurantes do Município. Para isso, fizemos uma parceria com a Associação Comercial de Valadares que vai trazer esses comerciantes ao projeto”.

O produto será entregue na Central de Comercialização da Agricultura Familiar – CECAF (avenida Luiz Gonçalves Lessa, nº 12, bairro São Raimundo) e distribuído para pontos de comércio. Os hotéis e restaurantes terão a oportunidade de adquirir produtos locais, com garantia de procedência, custo mais acessível, frescos e saudáveis, estimulando assim a agricultura e a economia do Município.

Assistência técnica ao agricultor

A equipe de técnicos da secretaria fará a definição, seleção e acompanhamento nas propriedades, orientando os agricultores para que façam um plantio adequado, sem acumulo de produtos na mesma época que outros agricultores. Ainda os técnicos vão disseminar através de oficinas as práticas sustentáveis de conservação e proteção do solo, técnicas de produção sem uso de defensivos agrícolas e manejo integrado de pragas.

Será incentivada a implantação de produtos sustentáveis de hortifrutigranjeiros, com plantios de agroecológicos, além de visitas de campo que permitem a observação do funcionamento da sustentabilidade, com troca de informações entre técnicos, professores e produtores, para que todos vislumbrem um ambiente produtivo e saudável.

Divulgação Site de Valadarse – Pela Secretaria de Comunicação e Mobilização Social GV – Foto Google