Sanitiza-GV: Prefeitura inicia megaoperação para higienizar a cidade

O trabalho envolve barreiras sanitárias, desinfecção de locais de grande movimentação e cabines sanitizantes para higienização pessoal

O tempo é de guerra! Uma situação tão delicada, como a pandemia do Coronavírus, vem exigindo medidas cada vez mais drásticas. Nesta segunda-feira (29), a Prefeitura de Valadares deu início a uma megaoperação para higienizar a cidade: o Sanitiza GV.

Estão sendo realizadas barreiras sanitárias nas entradas da cidade; higienização de espaços públicos, como ruas, avenidas e praças; além da instalação de cabines sanitizantes para a desinfecção de pessoas, localizadas em 30 pontos estratégicos. O trabalho terá duração de três meses e será desenvolvido em todos os bairros da Valadares.

sanitização

Segundo o prefeito de Valadares, André Merlo, a estratégia é semelhante as de cidades da China, Estados Unidos e Europa, que tiveram resultados positivos no combate à Covid-19. “O que nós vamos fazer em Valadares, a partir de agora, é atacar o vírus com a higienização de pontos de maior circulação de pessoas. É um trabalho que deu certo em outras cidades. Mas também é importante que a população nos ajude com o distanciamento e siga as determinações”, disse o prefeito.

De acordo com o gestor da empresa Pampulha Dedetizadora, Davi Rodrigues, o material utilizado pelo Sanitiza GV é o amônio quaternário, produto desinfetante aprovado pela Anvisa que elimina o vírus do ambiente. “O amônio quaternário elimina o vírus no local e isso reduz a chance da pessoa se contaminar. As barreiras sanitárias servem para verificar possíveis casos e orientar as pessoas a procurarem o serviço de saúde e evitar o contágio, em caso de suspeita. Já os túneis sanitizadores, a pessoa passa por ele e o vírus será eliminado da roupa. Todas essas medidas são muito importantes no combate ao Coronavírus”, explicou.

Divulgaçao da Noticia – Fonte Secretaria de Comunicação e Mobilização Social Gv – Foto Reproduçao Imagem Internet