Polícia Civil cumpre mandados de prisão e apreensão para apurar responsabilidades no rompimento da Barragem Córrego do Feijão

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) com o apoio do Ministério Público Estadual e da Polícia Militar cumpriu, na manhã de hoje (15), em Minas Gerais, oito mandados de prisão e nove mandados de busca e apreensão. Oito pessoas foram presas, além da apreensão de computadores, celulares e documentos diversos. A ação faz parte de uma Força-tarefa criada entre a Polícia Civil e o Ministério Público para investigar as causas e os responsáveis pelo rompimento da barragem Córrego do Feijão, em Brumadinho.

Todos os presos são funcionários da Vale, entre gerentes e técnicos. Os presos foram levados para o Departamento de Meio Ambiente. Eles serão ouvidos e encaminhados ao Sistema Prisional. As prisões temporárias foram decretadas por 30 dias.

FONTE  PC MG-Divulgação Oficial- Assessoria de Comunicação