Plano Municipal de Mobilidade Urbana avança em Valadares

Iniciativas voltadas para o transporte público e ampliação de vagas para motos no estacionamento rotativo estão entre as ações

Melhorias na mobilidade urbana ajudam a construir uma cidade inteligente. Pensando nisso, após audiências e estudos que vêm sendo realizados desde 2018, a Prefeitura começa a tirar do papel o Plano Municipal de Mobilidade Urbana. Ele prevê, entre diversas ações, a criação de corredores exclusivos para o transporte público, melhorias na malha cicloviária, a ampliação do número de vagas para motos no Estacionamento Rotativo e intervenções em rotatórias, ruas e cruzamentos.

É sabido que esses estudos são complexos e estão entre os principais desafios de uma gestão. E que, embora tenham o objetivo de facilitar o trânsito de pedestres, veículos e, assim, melhorar a vida da população, as mudanças são, às vezes, recebidas com resistência ou desconfiança. Será que vai dar certo? Vai dar certo.

Para democratizar os espaços de estacionamento rotativo, o Plano de Mobilidade Urbana apontou para a necessidade de ampliação das vagas da terceira fase do Zona Azul, lançado no dia 30 de março, destinando mais espaços para idosos, pessoas com necessidades especiais, vagas específicas para veículos de carga e descarga e vagas para motos.

Isso significa que além das 350 vagas para veículos dentro do sistema rotativo já lançadas nesta terceira fase, ela contará também com 220 vagas para motos, oito para idosos, nove para pessoas com necessidades especiais, 15 para embarque e desembarque de curta duração e 9 para cargas e descargas. No total, as três fases já destinaram 1.495 vagas para carros e 1.315 para motos, mantendo assim um equilíbrio democrático na reserva desses espaços que dão rotatividade e mais oportunidades para Governador Valadares crescer e se desenvolver.

Além da ampliação das vagas, outra novidade apontada pelo Plano de Mobilidade Urbana que foi discutida com a Associação Comercial (ACEGV) e outras entidades, é a exclusão, neste momento, do estacionamento rotativo nas ruas Osvaldo Cruz, Francisco Sales e parte da Tiradentes (entre a Rui Barbosa e a Cláudio Manoel) nos próximos dias.

Divulgação da Noticia – Secretaria de Comunicação e Mobilização Social GV – Foto  Leonardo Morais