Piloto Moisés Sodré conquista o pódio do Brasileiro de Parapente

O valadarense conquistou o terceiro lugar na 2º etapa do Campeonato Brasileiro e pré PWC, em Poços de Caldas, ficando atrás do gaúcho Luciano Horn e do suíço Joerg Ewald

O piloto valadarense Moisés Sodré, o Móka, conquistou o terceiro lugar na 2ª etapa do Campeonato Brasileiro de Parapente e pré PWC (Paragliding World Cup – Copa do Mundo de Parapente), ficando atrás apenas do gaúcho Luciano Horn e do suíço Joerg Ewald. A competição foi realizada nos dias 30 de agosto a 6 de setembro em Poços de Caldas (MG). A equipe valadarense era formada por: Móka, Pablo Rocha (44º), João Luis (103º), Enderson Moreira (118º) e Joubert Batista Bitarães (119º).

A competição reuniu cerca de 130 pilotos, entre brasileiros e estrangeiros. O tempo chuvoso fez que dos sete dias de disputa se resumisse a quatro de provas validadas. Móka elogiou o nível técnico da disputa. “Foi um campeonato de alto nível, inclusive disputado pela equipe brasileira que disputou o mundial. No primeiro dia cheguei em segundo lugar, no terceiro ninguém fez goal, no penúltimo fiquei em primeiro e no último fiquei a 2 km do goal. Fiquei a 34 pontos do primeiro lugar. No ranking geral somando as duas etapas fiquei a 281 pontos do líder do ranking.”

Na primeira etapa da competição, realizada em Valadares nos dias 6 a 13 de abril desse ano, Móka ficou em 25º lugar somando com esta etapa de Poços de Caldas, o piloto está na 15º posição no ranking brasileiro. Ele atribui essa melhora na classificação ao preparo que fez e a troca de equipamento. Aos 51 anos de idade, sendo mais de 25 deles dedicado ao voo livre, o tricampeão brasileiro conta que vai tentar melhorar ainda mais a fim de ficar entre os três primeiros colocados do ranking nacional do ano que vem.

Divulgação da Noticia – Fonte Secretaria de Comunicação e Mobilização Social GV – Foto – Reprodução Imagem Internet