Museu da Cidade Valadares faz 37 anos com novidades para visitantes

Além das comemorações de aniversário, o Museu da Cidade celebra as conquistas do ano de 2019

Reavivar memórias e resgatar histórias. É no museu que todo o legado de uma cidade permanece por meio de registros. E é com esse saudosismo que o Museu da Cidade comemora, neste mês de janeiro, seus 37 anos de fundação com novidades. O aniversário do museu coincide com o da cidade, dia 30 de janeiro, mas as comemorações já começam a partir desta quarta-feira (15), com uma exposição de fotos que resgatará o passado da cidade. A exposição vai até o dia 15 de fevereiro.

Ainda neste mês, o Museu, em pareceria com a Gerência de Patrimônio Histórico do Município, lançará entre os dias 23 e 30 de janeiro o Museu Itinerante. Essa é a oportunidade de levar à comunidade de diversos pontos da cidade um pouco mais de conhecimento sobre a história local, através de uma exposição de fotos antigas que retratam os 82 anos da cidade. Vale ressaltar que janeiro é um mês de férias para muitas famílias, e é comum, neste período, o museu receber visitantes de outras cidades, na busca de conhecimento e informações sobre a história da cidade.

DATA LOCAL HORÁRIO
23/01/2020

(quinta-feira)

ESTAÇÃO RODOVIÁRIA 10h às 18h
24/01/2020

(sexta-feira)

ESTAÇÃO FERROVIÁRIA 10 às 15h
27/01/2020

(segunda-feira)

MERCADO MUNICIPAL 8h às 16h
28/01/2020

(terça-feira)

SHOPPING FEIRA 10h às 18h
29/01/2020

(quarta-feira)

PREFEITURA 12 às 17h
30/01/2020

(quinta-feira)

PRAÇA DOS PIONEIROS 17h às 20h

Outra novidade é que o espaço dedicado à galeria de fotos dos ex-prefeitos de Governador Valadares, desde a emancipação política da cidade, receberá uma nova placa de identificação. O mesmo será feito com o espaço onde se encontram as igaçabas indígenas, recipientes de barro com mais de 300 anos de existência.

Conquistas de 2019

O ano de 2019 foi particularmente especial para o Museu da Cidade. Mais de duas mil pessoas visitaram o local e puderam conferir diversas novidades, como a ampliação do acervo e exposição de diversos itens, como a aquisição de diversos objetos – por meio de doação, como máquina filmadora antiga, gramofone, aparelho de dvd antigo, coleção de cartões de telefones; pinturas de quadros de artistas locais; entalhes em madeiras de artista local, dentre outros.

Ainda nesse ano, o museu foi incluído em diversos projetos de escolas e instituições da cidade e região, como foi o caso do Bom Passeio, projeto realizado em parceria com as secretarias de Desenvolvimento; Educação; Cultura, Esporte e Lazer e  a MOBI, e que foi responsável por grande parcela dos visitantes ao Museu.

Outro ponto importante no ano de 2019 foi a reforma do Museu da Cidade. Goteiras e infiltrações no teto comprometiam a segurança e preservação do acervo e, com a reforma, o museu ganhou mais espaço interno, o que possibilitou a exposição de objetos que estavam em sua reserva técnica – local destinado a guarda de objetos não expostos no museu.

Além disso, no mês de maio, uma parceria entre o Museu da Cidade e a Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) resultou na exposição fotográfica “História em Movimento”. A exposição fez parte da 17ª Semana Nacional de Museus e continha fotografias contando a história da universidade em Valadares.

Ao todo, 2.412 pessoas visitaram o museu da cidade, no período 2 de janeiro a 31 dezembro de 2019, lembrando que, neste período, o museu passou por reformas por aproximadamente três meses, quando sua visitação ficou limitada.

Divulgação da Noticia – Fonte Secretaria de Comunicação e Mobilização Social GV – Foto Reproduçao Imagem Internet