Mesmo com restrições por Coronavirus, ICE transporta crianças indocumentadas em voos comerciais

À medida que o número de casos de Coronavírus continua a aumentar, especialmente nos estados de New York e Washington, autoridades estão instruindo as pessoas a não viajarem e ficarem dentro de casa.

Apesar dessas restrições, o Departamento de Imigração e Alfândega (ICE, sigla em inglês) continua a transportar crianças indocumentadas para vários centros de detenções, incluindo em áreas onde há grandes surtos do Coronavírus.

Na sexta-feira, dia 13, a Deputada Alexandria Ocasio-Cortez informou as pessoas, através de sua conta no Twitter, que o ICE está levando crianças para a cidade de New York em um avião comercial mesmo que outras agências governamentais estejam sendo instruídas a não fazer isso agora.

“Ontem à noite, após uma ligação, fui para o aeroporto de LaGuardia e interceptei o @ICEgov transportando várias crianças para New York, um centro de surtos, por via comercial”, twittou a deputada. “Se o Pentágono interrompeu todas as viagens domésticas para militares, por que o ICE está transportando crianças desacompanhadas em uma pandemia?”, questionou.

Segundo a New Sanctuary Coalition, o ICE transportou seis menores de Dallas para a cidade de NY. A organização, juntamente com a deputada, encontrou as crianças e o oficial do ICE em La Guardia para cumprimentá-las e “afirmar que elas não estão sozinhas”.

A deputada destacou também vai trabalhar na libertação dos menores detidos.

O surto de coronavírus fechou escolas, empresas e obrigou muitos a permanecerem em suas casas. Com tantas precauções em andamento, várias organizações alegam que o ICE está lidando com pessoas sem documentos como se fossem negócios, como de costume.

O Bronx Defenders alega que os centros de detenção do ICE não estão fornecendo aos detentos produtos para limpar as mãos ou mesmo papel higiênico. “Esta é uma emergência de saúde pública com a qual o ICE se mostrou incapaz de lidar. Exigimos a liberação imediata de pessoas detidas atualmente pelo ICE nas prisões da região de New York ”, twittou o Bronx Defenders.

Imagens durante o fim de semana mostraram aeroportos lotados de viajantes, esperando nas filas por horas, pois muitos tentavam chegar em casa enquanto mais restrições de viagem eram anunciadas.

A RAICES, uma organização de imigração, disse que o ICE está forçando as pessoas detidas, incluindo crianças doentes, a viajar, mesmo sabendo que estão colocando suas vidas e as vidas de outras pessoas em perigo para transportá-las para outros centros de detenção.

“Hoje, enviamos uma carta ao diretor do escritório de campo do ICE em San Antonio, Daniel Bible, exigindo que ele usasse seus poderes para libertar imigrantes em detenção que estão em grande risco, durante o tempo normal, e muito mais durante este tempo de pandemia”, tuitou a organização.

O New York Times relatou que algumas audiências de imigração foram adiadas por causa do surto de coronavírus. Advogados e ativistas de imigração solicitaram que outros tribunais sigam o exemplo e fechem também, e que o ICE interrompa todos os ataques.

Divulgação da Noticia – Site Braziliantimes.com – Fonte: Redação Brazilian Times – Foto Reproduçao Imagem Internet