Tribunal USA Malandragem tem revisão de fiança de US$1 milhão negada

Na manhã de quarta-feira (10), durante a audiência ocorrida no Tribunal Superior de Middlesex (Massachusetts), o Juiz Lawrence Pierce negou a revisão da fiança do youtuber Danilo Portugal Ramscheid, natural do Rio de Janeiro. Em decorrência disso, ele continuará detido no Centro de Correções do Condado de Plymouth, até a audiência agendada para o dia 9 de maio.

Conforme o advogado Danilo J. Brack, “Malandragem USA”, como Danilo é conhecido nas redes sociais, também terá audiência em 11 de julho e uma audiência com os jurados em 23 do mesmo mês.

Inicialmente, o Tribunal Distrital de Woburn determinou a fiança em US$ 10 mil, a qual foi aumentada para US$ 1 milhão pelo Tribunal Superior do Condado de Middlesex. Danilo teria que pagar 10% desse valor, ou seja, US$ 100 mil para ser liberado. Caso a fiança fosse paga, ele seria transferido para a custódia do Departamento de Imigração (ICE), explicou a advogada de defesa do brasileiro, Cheryl C. McGillivray.

O brasileiro foi preso em 4 de fevereiro por agentes do Departamento de Polícia de Winchester. Ele foi acusado de “posar e exibir uma criança em ato sexual, fotografar uma pessoa nua sem o conhecimento dela e posse de pornografia infantil”. Segundo arquivos no tribunal, a polícia de Winchester encontrou gravações do ato sexual envolvendo Ramscheid e uma adolescente de 17 anos que compareceu à festa na casa dele em meados de janeiro. Ainda segundo o relatório, a jovem disse à polícia que foi sexualmente atacada e que não consentiu em ser filmada.

Em março, foi iniciada no website GoFundMe.com a campanha em português “Ajude Danilo Malandragem”, em alusão ao nome usado por ele no YouTube. A campanha tinha o objetivo de angariar R$ 50 mil (US$ 13.112), que supostamente seriam utilizados para pagar a fiança do réu, conforme a descrição da campanha. Poucas horas depois de a campanha ser postada online, inúmeras pessoas alertaram os administradores do GoFundMe.com e a página foi tirada do ar.

Depois de ser autuado, Danilo foi detido pelo ICE por estar em situação migratória irregular nos EUA. Após a conclusão do julgamento criminal, Ramscheid será deportado, adiantou o porta-voz do ICE.

Desde a prisão do brasileiro, o dono do imóvel em que ele morava voltou ao local, na High Street, e o encontrou praticamente vazio, segundo o Departamento de Polícia de Winchester. Bem no estilo ostentação, nesse mesma casa Danilo gravava vídeos e os postava no YouTube, atraindo milhares de seguidores.

Divulgação da Noticia – Fonte: Redação Braziliantimes.com – Foto Danilo vai continuar preso.