USA – Inocentado de acusação estupro, brasileiro pode ser condenado por reentrar no país

Os promotores retiraram as acusações contra um brasileiro, na manhã do dia 25, data em que ele deveria fazer um apelo. De acordo com as informações divulgadas pelo Cape Cod Times, Antônio Ferreira não enfrenta mais acusações de estupro, agressão e lesão corporal.

Embora não enfrente mais estas acusações no tribunal estadual, ele foi considerado culpado pela acusação de entrada ilegal nos estados Unidos, de acordo com a decisão do tribunal federal. A promotora do Distrito de Cape and Islands, Jennifer Bright, disse que a testemunha essencial no caso não estaria disponível, então ela iria rejeitar as acusações contra Ferreira.

O juiz do Tribunal Superior, Robert Rufo, perguntou se Bright pretendia retirar apenas uma acusação ou as três e a promotora disse que estava dispensando as três acusações.

Enquanto aguardava julgamento deste caso ocorrido em 2007, o brasileiro foi libertado e depois preso por agentes federais de imigração, de acordo com seu advogado, Richard Barry, durante uma audiência no Tribunal Superior de Barnstable.

Segundo documentos do tribunal federal, ele foi deportado em 5 de abril de 2007, mas foi preso em 22 de junho de 2018, em Framingham, e acusado de reentrada ilegal no país.

Caso seja considerado culpado, ele será deportado após cumprir a pena por reentrada ilegal nos EUA após uma deportação. Em alguns casos a sentença pode ser de ate 20 anos.

divulgação da Noticia – Fonte: Redação Braziliantimes – Após ser deportado, brasileiro foi preso em Framingham