Homem que traficou dezenas de brasileiros para os EUA pode pegar 10 anos de prisão

Um mexicano de 47 anos de idade, que reside em McAllen e em Houston (Texas), se declarou culpado durante uma audiência, nesta segunda-feira (08), em um tribunal federal em Victoria pela acusação de conspirar para transportar imigrantes indocumentados.

Humberto Ramirez-Santos admitiu seu envolvimento em um esquema para transportar imigrantes indocumentados, entre outubro de 2011 e julho de 2017. A organização de contrabando de imigração colocou, ilegalmente, várias pessoas nos Estados Unidos. Elas eram oriundas da China, Rússia, Índia, Brasil, Honduras, El Salvador, Guatemala e México.

As idades dos imigrantes traficados para este país variavam de crianças a idosos, mas a maioria era formada por adultos e jovens, de acordo com o comunicado das autoridades.

Na audiência de segunda-feira, foram apresentadas provas de que as viagens de contrabando eram realizadas toda semana e o número total de pessoas transportadas é incalculável, dezenas de cada país e alguns foram centenas.

Humberto recebia esses imigrantes indocumentados através de seus contatos no México. Ele também treinava os jovens membros da organização sobre como se livrar da vigilância e instruía os membros mais jovens da família sobre como mover esses imigrantes.

O juiz distrital John Rainey determinou a sentença para 1º de outubro e Humberto pode pegar até 10 anos de prisão e uma possível multa de US $ 250 mil.

O Departamento de Imigração e Alfândega (ICE), Patrulha de Fronteira e Departamento de Polícia de Houston conduziram a investigação.

Divulgação da Noticia – Fonte: Redação do Site Braziliantimes.com – Foto Reprodução Imagem Internet do Site Braziliantimes.com – Mensagem Autoridades afirmam que é incalculável a quantidade de imigrantes traficados por Humberto.