Homem que se passou por agente da Patrulha de Fronteira para extorquir imigrantes pode pegar 20 anos de prisão

Um homem de 51 anos de idade admitiu ter cometido uma fraude e se passar por um oficial de Patrulha de Fronteira dos Estados Unidos. Rito Salomon Palacions se declarou culpado em um tribunal federal na quarta-feira, dia 09.

De acordo com os documentos do tribunal, ele se passou por um oficial de imigração.

Palacios fraudou e extorquiu membros da comunidade em que vivia na região de Laredo, no Texas. Todas as vítimas são imigrantes indocumentadas.

Ele pegou dinheiro ou propriedade por meio de ameaças e promessas falsas e fraudulentas de entregar vistos de imigração, autorizações de trabalho ou residência legal nos Estados Unidos.

Como parte do esquema, Palacios utilizou a Internet para marcar consultas para suas vítimas.

Se ele for condenado, pode pegar até 20 anos em uma prisão federal.

Divulgaçao da Noticia – Site BrazilianTimes.com – Fonte Redação Brazilian Times – foto Reproduçao Imagem Internet