Governo Mineiro prevê economia de 72% com telecomunicações

Transição, feita em parceria por órgãos estaduais, entra na terceira fase

Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), finalizou a transição para a terceira fase de operação do projeto Rede Governo. A etapa indica a conclusão da migração de 2.226 links que sustentarão a rede de telecomunicações entre os órgãos e entidades estaduais nos próximos anos. O trabalho foi realizado em parceria com a Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais (Prodemge) e a Secretaria de Estado de Fazenda (SEF).

Com a migração dos links, será possível ampliar a capacidade de transmissão da rede de telecomunicação de 11 para 47 Gbps, melhorando a eficiência do Estado na prestação de serviços digitais. Além disso, o novo contrato prevê uma economia de 72% nos custos. A projeção de despesa, que era de R$ 335 milhões para cinco anos de operação, foi reduzida para R$ 96 milhões até maio de 2025.

Infraestrutura

A Rede Governo é uma infraestrutura que possibilita a conexão entre as unidades governamentais, com recurso de compartilhamento de voz, vídeo e dados em uma única plataforma. Instituída há 12 anos, a rede passou por três fases de operação: a primeira entregou a infraestrutura de telecomunicação nos prédios públicos de todo o estado, a segunda melhorou os meios de transmissão que atendem os órgãos e entidades e a terceira reduziu os custos e ampliou a velocidade dos links contratados.

O superintendente Central de Governança Eletrônica da Seplag, Lucas Vilas Boas, destaca as melhorias que o projeto promove. “A economia que será alcançada, em conjunto com a modernização e com a ampliação da capacidade da Rede Governo, são um grande avanço que irá qualificar a infraestrutura estadual para prestar melhores serviços à sociedade. A iniciativa beneficia toda Minas Gerais, em especial as unidades do interior, que dificilmente contariam com a estrutura que será oferecida se não estivessem integradas à rede estadual”, explica o superintendente.

A negociação do novo contrato foi conduzida pela Superintendência Central de Compras Governamentais da Seplag. O superintendente Rafael Mayrink Ferreira aponta o sucesso obtido. “Conseguimos melhorar o serviço e, ainda assim, reduzir expressivamente os custos, o que beneficia o Estado em um contexto de crise orçamentária agravada pela pandemia” destaca.

Segurança

De acordo com o fiscal da contratação pela diretoria Central de Gestão de Serviços e Infraestrutura de Tecnologia de Informação e Comunicação da Seplag, Alber Vinícius Duque da Silveira, além de garantir acesso aos sistemas corporativos governamentais, a Rede Governo também proporciona altos padrões técnicos de qualidade e segurança dos dados da administração pública. “Diante da constante necessidade de aprimorar a proteção das redes governamentais, para prevenir ataques às instituições, faz parte do propósito da Rede Governo entregar soluções de segurança robustas e acessíveis aos órgãos e entidades”, afirma.

Divulgação da Noticia – Site AgenciaMinas.mg.gov.br – Foto Reprodução Imagem Internet – Marcello Casal Jr – Agência Brasil