Funed cria aplicativo sobre animais peçonhentos

O aplicativo “O Mundo dos Venenos” já está disponível na PlayStore, loja de aplicativos, destinados a aparelhos com sistema operacional Android. O app, desenvolvido por Juliana Moraes, no período em que era bolsista do programa BIC-Jr, em 2017, na Fundação Ezequiel Dias (Funed), funciona como um e-book de quadrinhos educativos sobre animais peçonhentos.

De acordo com a chefe do Serviço de Proteômica e Aracnídeos (SPAR) e orientadora de Juliana, Márcia Helena Borges, o tema precisa ser desmitificado. “Trabalho com venenos de animais desde a graduação e vejo que o assunto assombra várias pessoas, uma vez que a maioria tem medo de encontrar um animal peçonhento. Este medo é importante e saudável, mas há muitos mitos envolvendo estes animais e seus venenos”, explica.

No intuito de conscientizar as pessoas sobre assuntos relacionados ao mundo dos venenos foi que Márcia propôs à Juliana o desenvolvimento de um aplicativo. “A ideia do aplicativo é disponibilizar conhecimento à população, principalmente a alunos tão jovens como a bolsista. Esta é uma forma de desmitificar algumas ideias envolvendo os animais peçonhentos”, ilustra.

Para Juliana, o projeto representou um desafio, já que programar ainda não era uma de suas aptidões. Os desenhos foram feitos pela própria BIC Jr., que, após terminar, se uniu a um aluno do professor da escola de Computação da UFMG, Sérgio Campos, para sanar dúvidas sobre a plataforma.

“Quando tivemos a ideia de fazer um aplicativo, eu não sabia sobre programação, então, toda semana, quase todo dia, eu ia à UFMG para aprender alguma coisa no departamento de tecnologia”, comenta Juliana.

Plataforma

Com uma plataforma simples e dinâmica, “O Mundo dos Venenos” dispõe de um guia de apresentação do projeto e outras duas áreas divididas em “Serpentes” e “Aranhas” e cada uma possui duas histórias que abordam de maneira lúdica um tema que, por vezes, é alvo de mitos.

Para ter acesso ao conteúdo, clique aqui ou pesquise por “O Mundos do Venenos” na PlayStore e baixe o aplicativo, atualmente disponível para Android.

Aplicativo Cobra Coral

Além do aplicativo “O Mundo dos Venenos”, a Funed também já lançou o aplicativo “Cobra Coral”, com objetivo de mostrar como não especialistas podem diferenciar uma cobra coral peçonhenta (venenosa) de uma não peçonhenta (não venenosa).

O aplicativo foi desenvolvido sob coordenação da bióloga e responsável pelo Serviço de Coleções Científicas e Popularização da Ciência, da Diretoria de Pesquisa e Desenvolvimento da Funed, Giselle Agostini Cotta

Site Agencia Minas – Divulgação – Foto Jota Santos