Família continua busca desesperada por brasileira que morava em Boston e desapareceu na Califórnia

Família continua busca desesperada por brasileira que morava em Boston e desapareceu na CalifórniaDesde o dia 30 de janeiro, a mineira Delma Félix busca por informações que leve ao paradeiro da filha Ana Paula Feitosa dos Santos Braga. A mãe, que está desesperada, disse que a última vez que falou com ela foi no dia 29. “Todos os dias ela me ligava e depois disso nunca mais tive notícias”, disse.

De acordo com as informações divulgadas nas redes sociais, Ana Braga é mineira, mede 1m60 de altura, pesa aproximadamente 70 quilos, tem olhos pretos, cabelos longos e já morou em Boston (Massachusetts).

Atualmente ela estava na Califórnia, onde desapareceu.

Ana dividia apartamento com um amigo, identificado pela mãe como Alan. Segundo Delma, os dois tiveram uma discussão e diante disso, sua filha mudou de casa. “Eu tentei falar com ele, mas não me atende nem me dá uma posição sobre o que possa ter acontecido”, afirmou a mãe.

De acordo com Wagner Amorim Almeida, ele falou com Ana no dia 24 de dezembro e ela lhe pediu para encontrar um quarto para alugar aqui na área de Orange County e que precisava sair da região onde morava, em Hollywood. “Depois disso não nos falamos mais”, disse.

SUPOSTO RELACIONAMENTO

O jornal Globe News USA entrevistou Leo Guardião, bastante conhecido na comunidade pelo trabalho de ajuda aos brasileiros na região. Ele disse que a última vez que conseguiu ligar no telefone de Ana foi no dia 29 de janeiro. “Um homem atendeu e disse ela estava tomando banho. Eu pedi para ela retornar, mas não obtive retorno e nenhuma informação mais”, disse.

De acordo com Leo, Ana havia comentado que um homem identificado por Tiago Felipe Bragança teria se mudado de Massachusetts para a Califórnia e estaria morando com ela. Ela também relatou que tinha medo dele, pois o rapaz tinha passagem pela polícia e que era agressivo. “Além disso ela me disse que ele mexia com drogas”, disse.

Leo acrescenta que Felipe alugou um carro com um amigo e que entregou o veículo todo sujo, com um forte cheiro de maconha e não pagou pelo aluguel. “Tenho certeza de que ele tem algo a ver com tudo isso”, afirmou. “Vou estar encaminhando para a polícia todas as mensagens de áudio e escrita que Ana me mandou sobre o medo que tinha dele”, acrescentou.

Outro ponto destacado por Leo é que ANA tinha um Honda Civic branco e que trabalha como Uber. “Vamos tentar descobrir a última localização deste carro”, continuou.

Quem tiver qualquer informação pode entrar em contato com a mãe, através do WhatsApp +1-617-970-8850 ou envie e-mail para a redação do Brazilian Times.

Divulgação da Noticia – Site BrazilianTimes.com – Fonte: Redação Brazilian Times – Mensagem Foto de Ana Paula publicada pela sua mãe nas redes sociais. Família continua busca. – Foto Reproduçao Imagem Internet