Expoagro é tombada como Bem Imaterial de Valadares

O evento, que completa 50 anos, é considerado um dos mais importantes do setor agropecuário e culturais do estado

A Exposição Agropecuária de Governador Valadares, a Expoagro, é um dos principais eventos do calendário cultural da cidade. Os negócios realizados no setor agropecuário, a festa e os shows atraem pessoas de todo o estado e outras partes do Brasil. Em homenagem ao aniversário de 50 anos do evento, o Conselho Deliberativo de Patrimônio Histórico Cultural realizou o tombamento da Expoagro como Bem Imaterial do Município. A solenidade foi realizada durante a abertura oficial.

O Prefeito André Merlo destacou a importância da Expoagro para economia da cidade e disse que o tombamento com Bem Imaterial é uma forma de eternizá-la. “Nada mais justo que tombar essa festa, primeiro para imortalizá-la e depois para que a cidade obtenha um aumento do ICMS Cultural e várias vantagens. Então esse reconhecimento é muito importante, justamente nos 50 anos de criação, suas bodas de ouro, então parabéns a União Ruralista”, disse o prefeito.

O presidente da União Ruralista de Governador Valadares, José Miguel Merlo, comenta que o tombamento ficará marcado na história da instituição. “É um fato histórico para nossa entidade, que completa 50 anos de realização. Nós, que estamos aqui desde o início da União Ruralista, nos sentimos honrados e prestigiados”, disse o presidente.

Sobre o Tombamento

Segundo o Vice-Presidente do Conselho Deliberativo do Patrimônio Histórico e Cultural, Stefano Couri, o tombamento protege os bens históricos, culturais e artísticos da cidade e assegura que a medida pode trazer ainda mais melhorias para o evento. “Agora a Expoagro pode se incorporar nas benfeitorias do conselho e se beneficiar de alguns projetos que serão realizados. Sem dúvidas, é de grande importância para a cultura da cidade”, disse o membro do Conselho.

Divulgação da Noticia – Fonte Secretaria de Comunicação e Mobilização Social GV – Foto Reprodução Imagem Internet