EUA querem mais voos fretados para deportar brasileiros detidos na fronteira

No final do ano passado o jornal Brazilian Times destacou o aumento na imigração ilegal de brasileiros para os Estados Unidos. De acordo com dados do governo norte-americano, o número teve um crescimento de cerca de 600%, saindo de 3.252, em 2016, para 18 mil em fevereiro de 2019. Isso gerou uma certa preocupação nas autoridades e promove uma busca por aceleração no processo de deportação.

Uma das estratégias adotadas foi a utilização de aviões fretados. Apesar desta prática já ser comum e amplamente utilizada para outros imigrantes, ela não era usada para a deportação de brasileiros. Mas no final do ano passado, a administração Trump entrou em contato com o Governo Brasileiro e solicitou a autorização para que mais voos fretados pudessem aterrissar em solo brasileiro.

Após um período de análise, o Brasil deu luz verde para o pedido. Mas fretar um avião não é a única maneira de mandar de volta os imigrantes em situação ilegal. As deportações também podem ocorrer por linhas comerciais, o que depende da disponibilidade de assentos e não atende a um fluxo maior de remoções.

Esta autorização resultou na deportação em massa de 70 brasileiros eu chegaram ao Brasil em um voo fretado. As autoridades brasileiras acreditam que os EUA pretendem fretar mais voos para acelerar a deportação dos brasileiros que entram no país de forma ilegal e estão sob custódia do Departamento de Patrulha de Fronteira (CBP, sigla em inglês).

Em um comunicado, a Embaixada dos EUA em Brasília afirmou que o governo americano tem uma “excelente cooperação com o Brasil” nessa área. “Nós estamos trabalhando com o Brasil e outros governos parceiros na região para aumentar a segurança de fronteira, combater organizações criminosas que exploram imigrantes irregulares (…) e dissuadir indivíduos de imigrar ilegalmente para os Estados Unidos”, afirmou a repartição diplomática.

Os EUA destacaram que para o ano de 2020 mais aviões serão fretados e que a estratégia é evitar que os brasileiros detidos quando atravessam a fronteira sejam deportados rapidamente, sem que tenha a necessidade de passar por tribunais de imigração. Isso vai colocar fim ao sistema “cai-cai”, bastante conhecido pela comunidade, onde o imigrante se entrega a espera de ser colocado em liberdade para responder ao processo e depois desaparece.

Divulgação da Noticia – Site BrazilianTimes.com – Fonte: Redação Brazilian Times – Mensagem  ICE quer fretar mais aviões para deportação rápida de brasileiros – Foto Reproduçao Imagem Internet