Enem foi um sucesso e PF investiga suspeitos de fraude, diz ministro

Candidatos chegam para o primeiro dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio na Universidade Nove de Julho, na Barra Funda, zona oeste.

O Ministro da Educação, Abraham Weintraub, fez na noite de sábado (9) um pronunciamento para falar sobre o segundo dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), com questões de matemática e ciências da natureza. Segundo o ministro, no último domingo, dia 3, o Enem foi um sucesso e o ministério apenas verificou pequenos problemas que não interferiram na aplicação e validade do exame.

“Aqueles que usaram o celular para tirar foto ou mesmo filmar a prova após o início do exame já foram identificados pela Polícia Federal, que está tomando as providências cabíveis. Por parte do MEC houve eliminação de candidato e afastamento de aplicadores, que não poderão participar do Enem neste domingo. Fique tranquilo, está tudo sob controle”, disse o ministro.

A Polícia Federal (PF) cumpriu hoje em Fortaleza, mandados de busca e apreensão nas residências de duas aplicadoras de provas do Enem ocorridas no último fim de semana. A corporação chegou aos nomes das aplicadoras após levantamento realizado em parceria com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

A ação ocorreu no âmbito da Operação Thoth, criada para investigar supostas irregularidades na realização da prova. Foram apreendidos os telefones celulares das duas mulheres, que serão periciados. As duas suspeitas podem ser indiciadas pelo crime de fraude em certames de interesse público. Caso condenadas, podem pegar pena de mais de cinco anos de reclusão, além de pagamento de multa. Por meio de nota, a corporação informou que também investiga suspeitas de irregularidades na aplicação de provas do Enem no Rio de Janeiro e na Bahia.

No pronunciamento, Weintraub reafirmou que os participantes devem verificar se o alarme dos celulares está desativado e se o aparelho está desligado. Em caso de emissão de qualquer som, mesmo que estejam lacrados na embalagem dada pelos fiscais, o estudante seria imediatamente eliminado.

No último domingo, 376 pessoas foram desclassificadas por motivos que incluíram toque de celular, sair da prova antes do horário permitido e recusa para fazer o cadastro biométrico.

Os portões dos locais de provas do Enem abrem ao meio-dia no domingo (10) e fecham às 13 horas (horário de Brasília). As provas começam às 13h30 e terminam às 18h30. Cerca de 5,1 milhões de pessoas farão o exame em 14 mil locais de aplicação.

Divulgaçao da Noticia – Site Agenciabrasil.EBC.com.br – Edição: Bruna Saniele – Agência Brasil  Brasília – Foto  Rovena Rosa Agencia Brasil