ELEICÕES 2020: Governador do Arizona pede “paciência” enquanto contagem continua

O governador republicano do Arizona, Doug Ducey, disse que o estado está “seguindo a lei eleitoral estabelecida no estado ao pé da letra”, após a declaração do presidente Donald Trump de que “a eleição estava sendo roubada dele”.

O governador destacou que no Arizona, “contam os votos recebidos até o dia da eleição. “Nenhum juiz interveio e nenhuma alteração de última hora foi decretada”, continuou.

Ao contrário das exigências que o comitê eleitoral de Trump fez Pensilvânia e Geórgia, tentando parar a contagem, no Arizona o pedido foi para que ela continuasse, pois o presidente espera ultrapassar Joe Biden.

Nas atualizações mais recentes Trump reduziu a diferença votos de seu adversário.

“Vimos mudanças dramáticas nas disputas eleitorais desde a noite de terça-feira, inclusive para o presidente”, disse Ducey. “Tudo isso destaca a importância de não tirar conclusões precipitadas no estado do Arizona até que haja um resultado final em todos os condados”.

 

GEÓRGIA

Pelo menos três condados da Geórgia pararam de contar as cédulas, disseram autoridades do condado à CNN na noite de quinta-feira.

O condado de Gwinnett, o segundo maior do estado, parou de contar as cédulas e planeja atualizar seus resultados no site do Secretário de Estado da Geórgia na manhã de sexta-feira.

A equipe de Biden acredita que não é uma questão de se, mas de quando, ele será declarado o novo presidente dos Estados Unidos

Divulgaçao da Noticia – Site BrazilianTimes.com – Fonte Redação Brazilian times – Foto Reproduçao Imagem Internet – Mensagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

RECENTES