Coronavírus: Japão insiste em manter a intenção de acolher Jogos Olímpicos

País tem 754 casos confirmados e 21 mortes associadas à doença

O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, declarou neste sábado (14) que seu país mantém a intenção de organizar os Jogos Olímpicos Tóquio2020, de 24 de julho a 9 de agosto, como está programado.

Abe disse que o Japão continua “a coordenar bem” com o Comitê Olímpico Internacional (COI): “Temos que ultrapassar a infecção [pandemia do Covid-19] e queremos receber os Olímpicos e Paralímpicos, tal como planejado.”

O premiê disse ainda não ter discutido o possível adiamento ou cancelamento dos Jogos, durante as conversas que manteve com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que sugeriu nesta semana o adiamento do evento por causa do novo coronavírus.

Shinzo Abe acrescentou que o vírus não atingiu um ponto que o faça declarar estado de emergência nacional, como acontece na Europa ou nos Estados Unidos.

No Japão, são 754 os casos de pessoas infectadas e 21 mortes associadas à doença.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia de Covid-19, foi detectado em dezembro, na China, e já provocou mais de 5.500 mortos em todo o mundo.

O número de infectados passa de 143 mil pessoas, com registro em mais de 135 países e territórios, incluindo Portugal, que tem 169 casos confirmados.

Divulgação da Noticia – Site AgenciaBrasil.EBC.com.br – RTP, emissora pública de TV de Portugal – Lisboa – Foto Reproduçao Imagem Internet