Começa julgamento de brasileiro acusado de matar a esposa no Maine

O brasileiro Rondon Athayde, 46, que foi preso e acusado de ter assassinado a sua companheira, Ana Cordeiro, 41 anos, na cidade de Hartford (Maine), teve a sua primeira audiência de julgado no dia 13. Ele está detido sem direito a fiança.

Nenhuma evidência foi apresentada nesta audiência e o advogado de defesa, Jeffrey Wilson, disse ao tribunal que se reserva o direito de fazer uma autópsia independente.

A vítima, Ana Cordeiro, 41 anos, deixou duas filhas, de 3 e 4 anos. Elas estavam dentro de casa no momento em que o brasileiro teria cometido o crime. As meninas estão agora sob a custódia do Estado, de acordo com documentos judiciais.

De acordo com o relatório policial, foi o acusado quem ligou para o 911 logo após a meia-noite do dia 18 de dezembro de 2018 para denunciar que a mulher estava inconsciente.

O relatório afirmou, ainda, que os socorristas tentaram e não conseguiram reviver a vítima. Foram feitos os procedimentos de primeiro-socorros ainda dentro de casa, no final da Bear Mountain Road.

De acordo com os investigadores, o casal vivia nesta residência havia dois anos. Os vizinhos relataram que o casal era amigável e trocava presentes entre eles, além de ajudar a retirar a neve. Athayde deve voltar a tribunal nas próximas duas semanas. A data ainda não foi definida.

As leis do estado do Maine prevê a sentença de 25 anos a prisão perpétua para condenados por homicídio.

Divulgação da Noticia – site BrazilianTimes.com  – Fonte: Redação – Brazilian Times – Foto Reprodução Imagem Internet .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

RECENTES