Com medo de morrer, imigrantes detidos na Flórida “clamam por deportação”

A lista de imigrantes detidos que pedem a um juiz federal de Miami, que os liberte de centros de detenção lotados de presos com coronavírus no sul da Flórida continua a crescer.

Os novos pedidos de liberação – cada um com cerca de 200 páginas – começaram a surgir cerca de duas semanas atrás, depois que o Departamento de Imigração e Alfândega dos Estados Unidos (ICE, sigla em inglês) revelaram que um detento morreu vítima de vírus em um hospital do Condado de Palm Beach. Esta foi e continua sendo a primeira morte causada por COVID no estado de um detento de imigração.

Em suas declarações, à juíza distrital Marcia G. Cooke, disse que 13 detidos até clamaram por deportação rápida porque “a morte e os danos permanentes que são iminentes” devido a sérias condições médicas subjacentes. Espera-se que mais detidos registrem solicitações este mês.

Cooke deverá revisar os arquivos e tomar uma decisão nas próximas semanas, embora não haja prazo final. “Miryam Lopez não é um risco de fuga ou perigo para a comunidade e a detenção não serve para interesses governamentais justificáveis. Em vez disso, coloca o ICE em risco se ela for contaminada pelo vírus”, disse a advogada de imigração Linda Osberg-Braun, que cuida do caso de sua cliente que está detida há 18 meses e atualmente está detida no centro de detenção de Broward. “O vírus provavelmente será fatal para ela porque seus pulmões debilitados não suportariam a COVID-19”, acrescentou, listando as condições médicas de Lopez: doença pulmonar obstrutiva crônica, bronquite crônica, asma, hepatite C e doença do refluxo gastroesofágico.

Ela disse que os procedimentos de deportação de Lopez “provavelmente vão demorar muitos meses e talvez até anos”.

O novo lote de pedidos faz parte de uma ação coletiva em andamento que visa libertar mais de 1.200 detidos que estão atualmente detidos no Krome Processing Center, em Miami-Dade, no Broward Transitional Center, em Pompano Beach, e no Centro de Detenção Glades County, em Moore Haven.

Divulgaçao da Noticia – Site BrazilianTimes.com – Fonte: Redação – Brazilian Times -Foto Reproduçao Imagem Internet .