Início Redação Campanha quer ajudar no translado do corpo de mineiro de Valadares ao...

Campanha quer ajudar no translado do corpo de mineiro de Valadares ao Brasil

O início de ano não começou bem para a família de Wellington Tintureira, mineiro de Governador Valadares. Ele faleceu no dia 1º de janeiro, após a celebração de passagem de ano, na companhia de amigos e familiares. A causa da morte, de forma inesperada, não foi divulgada pela família.

Como a morte pegou a todos de surpresa, a família não tem condições financeiras de arcar com todas as despesas de funeral, bem como o translado do corpo ao Brasil. Por isso, Lorena Araújo, que reside na cidade de Brockton (Massachusetts), iniciou uma campanha para arrecadar US$6 mil. O link para doação é https://bit.ly/37KnrVa e quem quiser ajudar, pode doar qualquer valor.

O velório aconteceu na tarde de segunda-feira, dia 06, na McDonald Keohane Funeral Home, em Weymouth (MA). Agora a família quer enviar o corpo ao Brasil.

Na página da campanha, a organizadora escreveu: “Muito obrigada a todos que contribuíram por aqui, pelo Vemno e outros meios de doação. Que Deus abençoe a sua vida e de sua família. (Nós) precisamos da ajuda e solidariedade de todos. No dia 1 de Janeiro de 2020, essa família querida teve uma perda devastadora. O Sr. Wellington Tintureira faleceu inesperadamente após celebrar a virada do ano com sua família e amigos. Ele deixa para trás a esposa com dois filhos, inúmeros amigos e entes queridos; todos tocados por seu jeito tranquilo e centrado. A família nesse momento de muita dor está precisando de ajuda financeira para as despesas com o funeral, traslado, além de outras. Ele era o sustento maior da família. Com essa dor terrível da perda ficamos um tempo sem conseguir ir à luta. Somente nos resta ajudar para também conseguir pagar as contas que não vão parar de chegar e qualquer quantia é bem-vinda. Vamos nos unir nesse momento de dor e ser solidários com essa família”

Quem não puder ajuda através da conta no GoFundMe pode entrara em contato pelo telefone (781) 985-1456 ou (781) 351-1171.

Divulgação da Noticia –  Site BrazilianTimes.com – Fonte: Redação Brazilian Times – Foto Reproduçao Imagem Internet