Campanha arrecada quase US$250 mil para menino imigrante morador de rua em NY

Há apenas uma semana, Tanitoluwa Adewumi, de oito anos de idade, vivia em um abrigo para sem-teto em New York. Mas uma história divulgada pelo New York Times sobre o sucesso do garoto no Scholastic Chess Championship o lançou para um destaque internacional. Uma campanha foi aberta no site do GoFundMe, que a princípio tinha como objetivo arrecadar US$50 mil para ajudar o menino, mas arrecadou quase US$ 250.000.

Tudo começou após uma coluna de opinião publicada na edição do dia 16 de março no New York Times. Uma história sobre um imigrante nigeriano, de oito anos, que vivia com sua família em um abrigo para moradores de rua que tinha acabado de voltar do New York State Scholastic Chess Championship, em Saratoga Springs (NY), com um troféu “quase tão grande quanto ele”.

O que é mais notável sobre este resultado é que ele aprendeu a jogar xadrez há um ano. A família fugiu da Nigéria temendo ataques aos cristãos por membros do grupo terrorista Boko Haram e buscou refúgio em NY, em 2017. Enquanto morava em abrigos, Tani se matriculou em uma escola pública local onde um professor de xadrez, tempo parcial, lhe ensinava jogar.

Desde então, ao jogar quase um torneio por semana (em média), sua classificação na USCF subiu de 105 – após sua primeira aparição no “Sub-300″. Isso o coloca entre os 20 melhores jogadores com oito anos de idade nos EUA.

O pequeno campeão imigrante disse que “quer ser o mais novo grande mestre”.

A campanha criada no GoFundMe, criada pelo repórter Russel Makofsky e ligada ao New York Times, vai ajudar a família. O objetivo era conseguir dinheiro para atender as necessidades imediatas de moradia da família, mas em dois dias, a meta da campanha foi atingida e o valor aumentado. Até a tarde desta terça-feira já havia sido doado US$246,136.00.

O link da campanha é www.gofundme.com/just-tani.

Divulgação da Noticia – Site Fonte: Redação Braziliantimes