Brasileiros nos EUA abraçam campanha para salvar brasileirinho com Leucemia

Davi tem cinco anos de idade e precisa de um doador de medula óssea.

O pequeno Davi Lucas, de apenas cinco anos de idade, já trava uma luta de gente grande. Ele foi diagnosticado com Leucemia Mielóide Aguda e precisa urgentemente encontrar um doado de medula óssea compatível. A história dele chegou às redes sociais e milhares de pessoas estão compartilhando na esperança de ajudar a salvar a sua vida.

Uma das pessoas envolvidas é o ativista Roosevelt Ramo, da Fundação Icla da Silva. Sempre em contato com a imprensa para divulgar os casos que toma conhecimento, ele usa das redes sociais para sensibilizar e convencer as pessoas a se cadastrarem nos testes e descobrirem se estão aptos a doarem a medula.

Rososevelt destacou a história de David dizendo que o pequeno menino de cinco anos espera por “um anjo” que vai salvar a sua vida. “Você pode ser esta pessoa. Através da nossa solidariedade, podemos salvar muitas vidas! sejam candidatos a heróis da medula óssea! cadastre-se”, escreveu ele em suas redes sociais.

Brasileiros que moram nos Estados Unidos podem fazer os testes e se tornar um doador de medula óssea. De acordo com Roosevelt, a base genética brasileira é muito diversa, em virtude das várias etnias que compõem a população. Portanto, “é importante que cada vez mais brasileiros se cadastrem como possíveis doares de medula óssea”.

Ele explica que para fazer o registro é preciso que os interessados tenham entre 18 e 44 anos de idade. Este cadastro é gratuito e não importa o status migratório. Ele pode ser feito através do link join.bethematch.org/saveme.

Roosevelt acrescenta que o teste é fácil de fazer. Após o registro, o candidato receberá em sua residência um envelope selado com um kit para o teste genético. Basta fazer a fricção dos cotonetes na parte interna da bochecha e colocar na caixa do correio.

“Estamos perdendo nossas crianças e adultos por falta de solidariedade. Ajude a salvar uma vida”, afirmou ele.

Mais informações podem ser obtidas através do telefone (407) 276-4860, com Roosevelt Ramos ou envie e-mail para roosevelt@icla.org.

Divulgação da Noticia – Site BrazilainTimes.com – Fonte: Redação – Brazilian Times – Foto Reprodução Imagem Internet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

RECENTES