Brasileiro é preso pelo ICE e família pede ajuda

Através de uma campanha aberta no site Go Fund Me, a porto-riquenha Yamilte Rivera Vilela, está pedindo ajuda para retirar o seu marido, o mineiro de Governador Valadares, Marlon Vilela. Ele foi preso na semana passada depois que compareceu a uma audiência em um Tribunal na cidade de Pompano Beach, na Flórida.

De acordo com as informações, Marlon é um mecânico bastante conhecido em Pompano Beach e região. Além de ser casado, ele tem três filhos. A esposa, que é cidadã dos Estados Unidos, não detalhou o motivo pelo qual ele compareceu ao tribunal.

Devido a situação pegar a família de surpresa, ela não tem condições financeiras para arcar com as despesas de advogado e taxas judiciais. Por isso abriu uma conta no site Go Fund Me e espera arrecadar a quantia de US$10 mil. Até a tarde de terça-feira, dia 24, a página havia registrado quase US$1 mil em doações. Quem quiser ajudar, pode acessar o link.

Na página da campanha, ela escreveu: “Nós estamos pedindo a ajuda de vocês para evitar que o meu marido Marlon Vilela seja deportado. Nós estávamos no tribunal para uma audiência e o ICE (imigração) estava lá e o levou. Nós temos três crianças. Um bebê de 4 meses de idade e que precisa do pai dele. Por favor, ajude de qualquer forma que você possa. Obrigado, Deus é bom, reze para mim e a minha família”.

Várias mensagens de apoio foram publicadas e doadores de diversas partes do país fizeram questão de não apenas creditar dinheiro, mas deixar palavras de conforto e esperança para a família do brasileiro.

Divulgação da Noticia – Site BrazilianTimes.com – Fonte: Redação – Brazilian Times – foto Reprodução Imagem Internet  de Marlon e sua família publicada no site da campanha

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

RECENTES