Autoridades encontram 51 corpos de imigrantes na fronteira no último ano fiscal, diz relatório

Desde 2019, os corpos de 51 imigrantes foram recuperados na fronteira entre o México e Estados Unidos, de acordo com dados divulgados pelas autoridades nesta semana. Em um comunicado divulgado nesta quarta-feira dia 05, o Instituto Nacional de Imigração do México (INM) disse que membros de sua força-tarefa especial encontraram os corpos uma área deserta e no Rio Grande que separa os dois países.

A força-tarefa, fundada há 30 anos, também ajuda imigrantes em trânsito no México.

Os imigrantes geralmente se afogam tentando atravessar o rio para se entrar nos EUA sem serem detectados. O deserto e o terreno montanhoso da área de fronteira que também são muito traiçoeiros, com temperaturas elevadas, acima de 50 graus Celsius no verão.

Especialistas em imigração disseram que as mortes aumentaram diante da intensificação das medidas de vigilância e segurança para evitar travessias clandestinas.

O relatório não informou a nacionalidade dos imigrantes e nem para onde os corpos foram levados depois de encontrados. O perigo na fronteira continua cada vez mais frequente e as autoridades destacam que nesta época do ano, com o intenso calor, a ameaça é maior ainda.

Divulgaçao da Noticia – Site BrazilianTimes.com  – Fonte Redação Brazilian times – Foto Reproduçao Imagem Internet