Atividades no Mercado Municipal marcam abertura do Outubro Rosa em Valadares

Diversas ações foram realizadas pelo Grupo Rosa e chamaram a atenção de quem passou pelo local

A manhã desta sexta-feira (4) no Mercado Municipal foi um pouco diferente. Tendas, balões na cor “rosa” e uma diferente movimentação chamaram a atenção das pessoas que passavam pelo local. O espaço recebeu integrantes do “Grupo Rosa” para a abertura oficial das ações alusivas ao “Outubro Rosa”, mês em que são realizadas atividades para conscientizar todas as mulheres quanto ao autocuidado e sobre o câncer de mama e colo do útero.

De acordo com Lorena Soares Nunes Coelho, coordenadora da atenção básica a intenção do grupo é fazer com que as mulheres percebam que o cuidado e a busca pela informação pode ser o diferencial na descoberta e no tratamento da doença. “Viemos para o mercado, onde a circulação de pessoas é grande pra justamente chamar a atenção para a importância dos cuidados com a saúde e lembrar que são fundamentais e em especial neste mês sobre o câncer de mama”, pontuou ela.

A pedagoga Olinda Pereira Coelho veio participar e partilhar um pouco da sua experiência. Com o autoexame ela teve o diagnóstico de câncer de mama em 2017 e se submeteu ao tratamento com quimioterapia e radioterapia. “Ninguém fica procurando um tumor no corpo, mas é importante a mulher fazer isso, se conhecer, porque a melhor forma de cuidar é a prevenção. Hoje estou bem, faço acompanhamento e meus exames estão ótimos”, aconselhou ela.

Na oportunidade teve orientação, roda de conversa e diversos cuidados foram disponibilizados, como testes rápidos, aferição de pressão e auriculoterapia. A dona de casa Helena Gonçalves tem 42 anos e não está dentro do público-alvo da campanha, mas mesmo assim resolveu participar. “Fiz meus testes e está tudo bem, só minha glicose que precisa de um pouquinho de atenção. Além disse pude aprender mais sobre o diagnóstico precoce”, afirmou ela.

Segundo a oncologista clínica Ana Beatriz Rocha Coppoli, essa ação de ir até a comunidade levar informação é estratégica em função do diagnóstico precoce do câncer de mama, pois hoje ele é considerado o de maior incidência em mulheres. “O câncer de mama fica atrás apenas do câncer de pele, mas está aumentando. Só nos próximos anos há uma previsão de que tenha um aumento em torno de 37% nos diagnósticos. Por isso a descoberta precoce é tão importante”, esclareceu.

Lorena complementou ainda que nas Estratégia de Saúde da Família (ESF) vão acontecer diversas atividades e que todos estão convidados a participar. “Todas as unidades de saúde tem agendas de prevenção e promoção da saúde e a gente quer que as mulheres compareçam. Vai ser muito especial e enriquecedor este momento”, afirmou ela.

Divulgação da Noticia – Fonte Secretaria de Comunicação e Mobilização Social GV – Fot Reprodução Imagem Internet