9ª Conferência Estadual de Saúde Mineira tem plenária para votação de propostas

Evento contou com espaço para crianças que assegurou a inclusão de conselheiras, voluntárias e trabalhadoras

A plenária para votação das propostas para a saúde pública de Minas Gerais abriu o último dia da 9° Conferência Estadual de Saúde. Na quinta-feira (27/6), 524 delegados se reuniram em Belo Horizonte e definiram as propostas que contribuirão para a elaboração do Plano Estadual de Saúde, que terá exercício de quatro anos. Entre todas as propostas apresentadas, as cinco mais votadas também serão levadas para 16° Conferência Nacional de Saúde, que acontecerá em Brasília, entre os dias 4 e 7 de agosto.

“A nossa conferência é fundamental para a qualificação e fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS). Após esses três dias de trabalho intenso, podemos dizer que a expectativa é de que possamos levar as melhores propostas para a Conferência Nacional de Saúde”, explicou o subsecretário de Gestão Regional de Saúde, da Secretaria de Estado de Saúde (SES), Darlan Thomaz Pereira.

O vice-presidente do Conselho Estadual de Saúde, Ederson Alves da Silva, destacou que a conferência contou com a representação de diferentes segmentos, como usuários, trabalhadores e gestores. “Mais de 1,5 mil pessoas passaram pela conferência ao longo desses três dias. Inclusive, foi aberto espaço para a população participar, seja como convidado ou observador. Além disso, vale lembrar que, para possibilitar a apresentação das prioridades na área da saúde em Minas, mais de 450 conferências municipais e dez conferências livres foram realizadas”, afirmou Ederson Alves.

Esta edição também contou com um espaço para crianças, assegurando a inclusão de mais mulheres no evento, garantindo a participação efetiva de conselheiras, voluntárias e trabalhadoras.

Divulgação da Noticia – Site Agencia Minas – Foto Reprodução Imagem Intenet Marcus Ferreira