PCMG identifica organização criminosa de venda de perfis falsos de aplicativos de mobilidade urbana e cartões de crédito

Polícia Civil identifica organização criminosa de venda de perfis falsos de aplicativos de mobilidade urbana e cartões de crédito

Na manhã desta terça-feira (26), a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) cumpriu mandados de busca e apreensão na residência de suspeitos de integrar uma organização criminosa especializada na venda de perfis falsos de aplicativos de mobilidade urbana (transporte de passageiros) e cartões de créditos feitos em nome de “laranjas” ou de pessoas que teriam os dados clonados. Foram presos, em flagrante, dois suspeitos.

No local, foram apreendidas mais de 70 carteiras de habilitação falsas, documentos de veículos aparentemente furtados, aproximadamente 300 chips de celulares que eram utilizados para criar as contas, uma porção de droga, duas munições e petrechos para falsificação de documentos.

As investigações tiveram início após denúncia de um caso de estupro durante o transporte de uma vítima, em dezembro de 2018, por um motorista que havia realizado a compra de um destes perfis falsos. Outras informações serão repassadas à imprensa pela Delegada Larissa Mascotte.

Assessoria de Imprensa – Polícia Civil de Minas