Obama anuncia apoio a Hillary Clinton como candidata à presidência

‘Acho que nunca houve ninguém tão qualificado’, diz Obama em vídeo.
Clinton e Donald Trump são candidatos presumidos para as eleições.

Em vídeo, Barack Obama anuncia seu apoio a Hillary Clinton como candidata à presidência dos Estados Unidos (Foto: Reprodução/ YouTube/ Hillary Clinton)
Em vídeo, Barack Obama anuncia seu apoio a Hillary Clinton como candidata à presidência dos Estados Unidos (Foto: Reprodução/ YouTube/ Hillary Clinton)

O presidente dos Estados Unidos Barack Obama anunciou nesta quinta-feira (9) seu apoio a Hillary Clinton como candidata nas eleiçoes presidenciais de novembro. Os dois vão começar a fazer campanha juntos na próxima semana, informa a agência de notícias Reuters.

“Quero parabenizar Hillary Clinton por fazer história como a presumida candidata democrata para presidente dos Estados Unidos”, disse Obama em vídeo divulgado nesta quinta pela campanha de Hillary.

“Acho que nunca houve ninguém tão qualificado para o cargo. Ela tem a coragem, a compaixão e o coração para ter o trabalho feito”, afirma o presidente. “Quero que vocês, que estão comigo desde o começo dessa jornada incrível, sejam os primeiros a saber que eu estou com ela”.

Hillary alcançou nesta terça-feira o número de delegados necessários para ser confirmada como candidata do Partido Democrata.

Obama usa o termo “presumida”, porque sua candidatura será oficializada apenas em julho, na convenção do partido.

À Reuters, Hillary disse que o apoio do presidente “significa o mundo”. “É absolutamente uma alegria e uma honra que o presidente Obama e eu, ao longo dos anos, tenhamos passado de competidores ferrenhos para verdadeiros amigos”, disse Hillary.

Hillary comemora nomeação com seu marido Bill Clinton (Foto: AP)
Hillary ter alcançado o número de delegados para nomeação com seu marido Bill Clinton (Foto: AP)

Hillary e Obama foram rivais nas primárias de 2008. Posteriormente, Hillary foi sua secretária de Estado.

Na entrevista à agência, Hillary disse que ainda que vai tomar medidas para aumentar o controle sobre Wall Street nos 100 primeiros dias de governo, caso seja eleita presidente na eleição de novembro.

Na terça, Obama telefonou para Hillary para parabenizá-la por conseguir o número necessário de delegados para sua nomeação.

Nesta quinta, o presidente se reuniu na Casa Branca com o senador Bernie Sanders, que também é pré-candidato pelo partido Democrata e, mesmo com Hillary tendo alcançado o número de delegados para a candidatura, disse que vai seguir com sua campanha até a Convenção Nacional Democrata.

Após a conversa na Casa Branca, Sanders afirmou que trabalhará com Hillary Clinton para impedir que o republicano Donald Trump consiga se eleger.

A Casa Branca anunciou que os dois falaram sobre trabalhar juntos para garantir que o Partido Democrata seja “diverso, vibrante e inclusivo”.

Donald Trump é o candidato presumível pelo Partido Republicano, que também faz sua convenção nacional em julho. As eleições serão no dia 8 de novembro.

Link para o vídeo: http://www.jn.pt/mundo/interior/barack-obama-deu-apoio-oficial-a-hillary-clinton-5220658.html

COMPARTILHAR