Ivo Cassol quer limitar percentual de lucro de aplicativos de transportes

Foto:Moreira Mariz da Agência Senado

O senador Ivo Cassol (PP-RO) sugeriu que os motoristas que trabalham para aplicativos de transporte individual de passageiros paguem, no máximo, 5% do valor da corrida para os tais aplicativos.

Atualmente, ressaltou Ivo Cassol, o valor que corresponde de 15% a 25% do total recebido pelo motorista vai para a empresa proprietária do aplicativo, a depender do modelo do veículo.

— É inaceitável o aplicativo cobrar da sociedade, cobrar dos proprietários de carros, enquanto a prefeitura não ganha nenhum real de arrecadação e o estado ganha menos ainda. E aí ganha, no mínimo, 15%. isso é um assalto!

(Agência Senado)